Dúvidas

  1. USUÁRIO
  2. Login - Senha - Cadastro


    É necessário o cadastro prévio no site para participar dos leilões virtuais e online. Nos leilões presenciais não há essa necessidade. O arrematante deverá fornecer seus dados, bem como login (“nick” de identificação, apelido) e senha, para acesso ao ambiente seguro do site e assim estar apto a fazer seus lances. Este cadastro é único e gratuito e dá direito a participar dos leiloeis virtuais e a maioria dos leiloes online realizados pela empresa João Emilio. Uma vez habilitado no site, basta acessar o leilão desejado e participar. 

    O prazo para liberação do cadastro será feita em até 48h, portanto cadastre-se antecipadamente a data do leilão desejado.
    Topo
  3. LEILÃO
  4. - Leilão Virtual – É denominado virtual todos os leilões onde somente os arrematantes cadastrados poderão participar, ofertar e arrematar os bens. (somente através do site)


    - Leilão Online – É denominado online todos os leilões onde os cadastrados no site e os interessados que estiverem presentes no auditório do leileiro poderão participar. (site e salão de leilões)

    - Leilão Presencial – É denominado presencial todos leilões onde somente os interessados que estiverem presentes no auditório poderão participar. (salão de leilões)

    1) Como funciona o leilão?
    Todo leilão é público podendo participar pessoas físicas maiores de 18 anos e jurídicas, ambas, de acordo com as normas e condições do leilão. O leilão é realizado em data, hora e local divulgados em mídia eletrônica e impressa (Internet, Editais e Jornais). 

    No início dos pregões online ou presencial o leiloeiro irá ler as condições do leilão descritas no catálogo e publicadas no site. Em seguida, os lotes serão anunciados um a um, com fotos ilustrativas projetadas em telão ou publicadas no site. Quando o lote for de seu interesse, acene para dar um lance. Vence a disputa pelo lote quem ofertar o maior lance – seja presencial ou online. Nos leilões virtuais e online os cadastrados no site farão suas ofertas através da internet, no painel virtual, observando o cronômetro para encerramento dos lances, acompanhando, desta forma, o leilão em tempo real. Atenção: após o encerramento do cronômetro não haverá mais possibilidade de novos lances. Sempre que houver reforma de valor no lance pelo salão de leilão ou pela internet o cronômetro será reaberto por mais um minuto para lances.


    2) Quanto o tempo médio de duração do leilão?
    Não há previsão. Depende da quantidade de lotes e do interesse dos licitantes.
     
     
    3) Qual o canal de comunicação com Usuário on line?
    A comunicação é realizada através de e-mails (notificações, avisos, comunicados, informação de arremate de lote ou de lotes em condicional, resgate de senha, etc.). A fim de que essa comunicação se realize é necessário que o domínio joaoemilio.com.br esteja adicionada à lista de endereços confiáveis, se o seu computador e provedor de e-mail possuir filtro ANTI-SPAM. Verifique tais procedimentos com seu provedor e e-mail.
    Topo
  5. LOTE
  6. É um conjunto formado de um ou mais bens que serão leiloados. No caso de leilão de veículos um lote pode ser formado por apenas um automóvel, enquanto em um leilão de materiais um lote pode ser constituído por um conjunto de motores e peças diversas. Cada lote possui sua descrição detalhada, fotos, local de visitação, datas e horários disponíveis, valor inicial de lances a serem ofertados. Caso necessite de maiores informações sobre o lote, entre em contato conosco, que teremos o maior prazer em esclarecer suas dúvidas. 

    Visitação do lote: Todos os besn leiloados podem e devem ser examinados previamente pelos interessados, pois os bens são vendidos no estado de conservação em que se encontram. É importante que seja feita a visitação para garantir bons negócios. Todo lote possui endereço completo de visitação e horários disponíveis. 

     

    Topo
  7. LANCE
  8.  É o valor ofertado pelo comprador a um lote que está sendo leiloado. 

     
    1) Como faço um lance?
    Durante o pregão, apenas levante a mão cada vez que desejar aumentar sua oferta.
    No site utilize o valor do incremento ou estabeleça novo valor para lance.
     
    2) O que é incremento?
    É o valor mínimo definido pelo Leiloeiro para acréscimo ao valor do lance anteriormente ofertado. 
    Este valor poderá ser alterado pelo Leiloeiro no decorrer do leilão.  

    3) O que é lance Inicial?
    Lance inicial é o valor de partida para a disputa de lances do lote, não significando ser o valor mínimo para a venda do lote.
     
    4) O que é lance mínimo?
    Lance mínimo é o menor preço para que um determinado lote seja vendido, se o lance mínimo não for atingido poderá ser aceito um lance condicional.
     
    5) O que é lance condicional?
    "Lance Condicional" é o termo utilizado quando o maior lance ofertado por um bem leiloado não atinge o valor mínimo de venda exigido por seu vendedor. A critério do Leiloeiro este valor será submetido à análise da empresa vendedora para aprovação ou rejeição.
     
    6) Como proceder quando o meu lance ficar em condicional?
    O lance recebido em condicional será submetido à análise pela empresa comitente e tão logo o comitente vendedor informe sua decisão, nossa equipe entrará em contato com o interessado para informar se o lote foi liberado e assim fazer o depósito do valor do lance, como previsto nas condições do leilão ou informar que o lote não foi liberado para venda, não acarretando, nesse caso, despesa alguma para o arrematante.
     
    7) Ao final do leilão, poderá ser feita propostas e lances aos lotes apresentados?
    Não. Após a finalização do leilão não há mais lances.  
     
    8) Posso fazer ofertas via fax para os leilões presenciais?
    Sim, sempre que previsto nas condições do leilão através do link “PROPOSTA VIA FAX", preenchendo os dados e enviando para (21)3416-6370 até o horário previsto nas condições. Caso não esteja previsto “Lances via Fax” aparecerá a informação "LANCES SOMENTE PRESENCIAL".
    Topo
  9. ARREMATAÇÃO
  10. 1) Quando o lote é vendido, como efetuar o pagamento?
    Nos leilões virtuais e online os cadastrados no site receberão por email o recibo provisório, contendo os dados do arrematante, do bem vendido, valores, dados bancários e prazo e instruções para o pagamento, efetuado através de depósito identificado, TED – Transferência Eletrônica Disponível ou Boleto Bancário, sempre à vista, sem parcelamentos ou descontos. Ao efetuar o pagamento, o arrematante deve enviar o comprovante e os dados do recibo provisório para o Fax (21) 3416-6370 ou email controledeleiloes@joaoemilio.com.br, para a liberação da nota fiscal e do bem arrematado
     
    Nos leilões virtuais e online os cadastrados no site receberão por email o recibo provisório, contendo os dados do arrematante, do bem vendido, valores, dados bancários e prazo e instruções para o pagamento, efetuado através de depósito em dinheiro ou TED – Transferência Eletrônica Disponível, sempre à vista, sem parcelamentos ou descontos. Ao efetuar o pagamento, o arrematante deve enviar o comprovante e os dados do recibo provisório para o Fax 21 3416-6370 ou email controledeleiloes@joaoemilio.com.br, para a liberação da nota fiscal e do bem arrematado.

    Quando o leilão for presencial, o arrematante receberá uma cartela numerada, onde apresentará cheque caução e documento de identidade. Em seguida, na liquidação do leilão será restituido o documento de identidade e preenchido o cheque caução a vista do emitente e fornecido o recibo provisório de pagamento.

    2) O arrematante será penalizado caso não efetue o pagamento?
    Sim. Conforme previsto nas condições do leilão o arrematante incorre em multa e bloqueio no acesso aos leilões.
    Topo
  11. LIBERAÇÃO
  12. 1) Como funciona a liberação do lote?

    Assim que comprovado o pagamento do lote, será emitida nota fiscal que permitirá a liberação do lote ao arrematante. Esta nota estará a disposição somente para o comprador, portando documento de identificação. Caso não seja possível o arrematante realizar a retirada pessoalmente, poderá autorizar expressamente outra pessoa à fazê-lo. Bastando trazer autorização que contenha dados do terceiro autorizado, dados do arrematante e do lote.

    2) Qual o prazo de retirada?
    O prazo para retirada dos lotes estará sempre informado nas condições do leilão. 

    3) Quais documentos precisam ser enviados para a liberação da retirada?
    Comprovante de deposito e recibo provisório para o Fax: (21) 3416-6370 ou email: controledeleiloes@joaoemilio.com.br

    Algumas empresas solicitam a entrega de Termo de Responsabilidade preenchido e assinado com firma reconhecida e cópia de identidade e CPF e Comprovante de residência, além de assinatura no DUT pelo comprador. 
    Topo
  13. DOCUMENTAÇÃO
  14. 1) Qual o prazo de entrega de documentos dos veículos?
    Sempre esta informado nas condições do leilão. Usualmente são entregues em aproximadamente até 60 dias úteis após o leilão. Sendo o leiloeiro apenas um mandatário, não sendo responsável pelos atrasos, cabendo-nos somente receber o documento do comitente (vendedor) e repassá-la ao arrematante. 

    2) Os documentos podem ser enviados por Correio?
    Não. De acordo com as normas da empresa João Emilio, nenhum documento de veículo poderá ser enviado por Correio. É de responsabilidade do arrematante, retirar este documento assim que liberado no escritório sede da empresa João Emilio Leiloeiro, portando documento de identificação ou no local indicado nas condições do leilão. 

    3) Os veículos são vendidos sem débitos?
    Não. De acordo com as CONDIÇÕES DE VENDA, eventuais débitos de IPVA, multas de trânsito, de averbação, em suspenso, em autuação ou em processamento e multas que porventura recaiam durante o transporte, ficarão a cargo do arrematante, correndo também por sua conta e risco a retiradas dos bens. A responsabilidade pela venda dos bens é dos Comitentes Vendedores, sendo o Leiloeiro um mero mandatário.

    No ato da arrematação o arrematante obriga-se a acatar, de forma definitiva e irrecorrível, as normas e condições de aquisição estabelecidas no catálogo próprio e publicadas no site. Os Comitentes Vendedores NÃO POSSUEM nota fiscal do motor, documentos de conversão para GNV, documentos para regularização de carrocerias ou equipamento de caminhões, veículos importados não possuem 4ª via de importação, numeração dos vidros poderão não conferir com o chassis, vistoria por conta do comprador.

    Alguns veículos podem estar emplacados em outros Estados ou Municípios, ficando a cargo do arrematante a regularização da documentação.

    ACESSÓRIOS
    Caso a empresa comitente possua as chaves e os manuais dos veículos vendidos, os mesmos serão encaminhados ao novo comprador. 

    VEÍCULOS BLINDADOS 
    Nos veículos blindados o Comitente Vendedor e o Leiloeiro Não se responsabilizam pela Empresa que efetuou a blindagem, pelo nível de segurança e nem pelo atual estado dessa blindagem, cabendo aos interessados analisar e vistoriar o veículo com técnicos da área e de sua confiança. Nas aquisições destes veículos o arrematante deverá obter a autorização/cadastro para transitar com o veículo junto ao Exército caso não haja um 1° registro do veículo, ou no DFPC, caso já haja um 1º registro no Exército. Ressaltamos que este custo será de inteira responsabilidade do arrematante, deverá também realizar a re-certificação da blindagem em empresas autorizadas pelo Exército, e não poderá o arrematante, ter antecedentes criminais.
     
    ATENÇÃO:

    PROCEDIMENTOS PARA O ARREMATE DE VEÍCULOS BLINDADOS:
    • Não possuir antecedentes criminais;
    • Obter a autorização/cadastro para transitar com o veículo;
    • Autorização/cadastro à ser realizada junto ao Exército, caso não haja um 1º registro do veículo, ou DPC (Departamento de Polícia Civil do Estado – Divisão de Produtos Controlados), caso já haja um 1º registro do veículo no Exército. Este custo será de inteira responsabilidade do arrematante.
    • Realizar a re-certificação da blindagem em empresas autorizadas pelo Exército. 
     
    Vale acrescentar que o compromisso da Seguradora é orientá-los quanto aos procedimentos necessários para aquisição e regularização do veículo, portanto, os custos inerentes a cadastro, recertificação, benfeitorias, etc, são de inteira responsabilidade do próprio arrematante, pois é de praxe no mercado, a venda de salvado de sinistro é realizada no estado em que se encontra.
    Topo
  15. TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE
  16. O arrematante promoverá a transferência de propriedade do(s) veículo(s) junto ao DETRAN com os documentos que serão entregues pelo Comitente Vendedor para tal fim, ficando ao encargo do arrematante obter e custear outros documentos necessários. 

    É por conta do arrematante a realização da atualização do CRV junto ao Detran, para o caso de veículos de financeiras e a realização de Vistoria para Laudo do Inmetro, em veículos salvados (de seguradoras). 

    Todas as despesas com transferências, 2ª via de documentos, impostos, taxas e multas, bem como IPVA’s atrasados, ficam por conta do arrematante, independente da informação prestada.   

    Topo
  17. MARKETING
  18. 1) Como eu fico sabendo sobre as datas e os locais dos leilões?

    Através da divulgação feita no site www.joaoemilio.com.br , Editais, Anúncios e Reportagens publicados nos jornais de grande circulação como: “Jornal do Commércio”, “O Globo”, “O Dia”, "O Estado de São Paulo”, “Diário do Vale”, "Jornal da Tarde", "Correio Popular " (Campinas), "A Cidade" (Ribeirão Preto), "Gazeta do Povo" (Curitiba), entre outros periódicos.
    Também através de nossa Mala direta enviada por email aos usuários cadastrados em nosso mailling list divulgamos os leilões em andamento. 

    2) Quais as vantagens da venda em leilão?

    A experiência tem demonstrado que os valores dos bens arrematados em leilão são diferenciados daqueles praticados no mercado, pois se assim não fosse, não existiria a vantagem em se comprar bens em leilão. O histórico das porcentagens de vendas do Leiloeiro João Emílio chega a 90% dos bens ofertados. O vendedor se livra de muitas tarefas, despesas e complicações comuns, pois no momento em que contrata os serviços do Leiloeiro para a realização do leilão, fica sob a responsabilidade do mesmo e de sua equipe todas as providências administrativas: publicação de editais, convocação dos interessados, mala-direta, catálogos com descrição dos bens, marcação dos lotes, venda, contabilização e recebimentos. Além disso, o leilão permite a realização de bons negócios de maneira clara e objetiva, acessível a vários tipos de públicos. 

    3) Quais empresas podem vender nos leilões?

    João Emílio Leiloeiro pode vender em leilão bens pertencentes a qualquer empresa. 

    4) O que se pode vender em leilão?

    Pode-se vender uma infinidade de bens - novos ou usados, nacionais ou importados. Destacam-se: móveis e imóveis, tais como: equipamentos, máquinas, sucatas geradas ou a gerar, matéria-prima, veículos leves e pesados, embarcações, unidades industriais, prédios, escritórios, sítios, fazendas, veículos diversos, materiais industriais, computadores, equipamentos de informática e seus periféricos, eletroeletrônicos, eletrodomésticos, mobiliários, entre outros. 

    5) Como eu faço para realizar um leilão para minha empresa?

    Você pode entrar em contato com a nossa equipe através dos telefones 21 3416-6350 / 3416-6351, email: comercial@joaoemilio.com.br ou através do link “Quer Vender” na página inicial do site. 
    Faremos análise dos bens a serem leiloados de seu interesse, sugestão de avaliação, proposta comercial de autorização para leilão e diversos itens a serem finalizados como: local, horário e data de visitação, fotografia, loteamento e apresentação, dentre outros.
    Topo
  19. COMO PARTICIPAR
  20. Cadastre-se no site para participar de nossos leilões Online/Presenciais.

    Clique no link Cadastro de Pessoa Física ou Cadastro de Pessoa Jurídica dentro do Cadastro. Ao carregar a tela, preencha todos os campos do formulário de forma clara e precisa, em seguida clique no botão "Cadastrar".

    Com isso, seu cadastro será encaminhado à Central de Atendimento para validação dos dados informados e verificação junto aos órgãos de proteção ao crédito.

    Dica: Cadastre um e-mail válido e que você acesse com certa frequência, pois será nosso principal meio de comunicação.

     

    Topo

Dúvidas